A Bíblia na Evangelização do Mundo

Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2Tm 3.16,17).

No capítulo escrito por John R. W. Sttot, no livro Missões Transculturais: uma perspectiva bíblica, é defendido que “sem a Bíblia, a evangelização do mundo seria não apenas impossível, mas também inconcebível” (pg. 1). É ela quem coloca sobre a Igreja a responsabilidade de evangelizar o mundo, dando o Evangelho a ser pregado, ensinando como deve ser feito e declarando o poder de Deus que salva. O referido texto desenvolve quatro razões por que a Bíblia é indispensável à evangelização do mundo.

A primeira é o mandato da evangelização mundial. É dito que a Bíblia inteira é o mandato para a evangelização do mundo, e o mesmo deve ser encontrado na criação de Deus, no caráter de Deus, nas promessas de Deus, no Cristo de Deus, no Espírito de Deus e na Igreja de Deus. Para o autor o cristão individual e as igrejas locais não podem ignorar este mandato bíblico.

A segunda é a mensagem da evangelização mundial. Há apenas um evangelho, no que todos os apóstolos concordam. Mas, eles expressaram este único evangelho de diversos modos. Esse único evangelho não deve fugir do compromisso com o fato da revelação e o compromisso com a tarefa da contextualização.

A terceira é o modelo para a evangelização mundial. A Bíblia supre isso, pois ela não somente contém o evangelho: ela é o evangelho; se, portanto, as Escrituras são a evangelização divina, é evidente que podemos aprender como pregar o evangelho considerando como Deus fez.

A quarta é o poder para a evangelização mundial. A conversão e a regeneração cristãs continuam milagres da graça de Deus. A Palavra criadora de Deus é instrumento para salvação dos homens que estão cegos. Devemos entender que nas nossas fraquezas a força de Cristo se faz perfeita e atua para libertar vidas na pregação do evangelho.

Portanto, sem a Bíblia a evangelização do mundo é impossível. Sem ela, não há o que levar às nações, não há garantia para lhes dar, não há orientação em como fazer a obra e nenhuma esperança de sucesso. Mas, queremos ressaltar que esta Palavra deve estar viva na vida dos que evangelizam. De forma que, aqueles que se comprometem na evangelização e missão, consequentemente atestam que compreenderam, aceitaram, experimentaram e vivenciaram esta verdade.

Harlows Pimentel Rocha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s